Buscar
  • Luis Namura

Prólogo 2 - O que é imprescindível para ser bem-sucedido como empreendedor

Atualizado: Mar 11

Há muitas pessoas que têm ideias, porém, nem todas essas pessoas põem em ação os mecanismos para transformar a ideia em algo concreto.


Para tanto, algumas características são imprescindíveis, tais como: entusiasmo, perseverança e resiliência, pois você terá que superar toda sorte de desafios técnicos, administrativos, financeiros e emocionais durante a jornada.


Vamos dar uma breve olhada nas características pessoais e nas demandas empresariais que fazem com que alcançar o sucesso seja algo mais previsível e factível do que apenas contar com a sorte.

Há muitas definições de empreendedorismo na literatura, mas, de modo simples e objetivo, podemos dizer que é a capacidade de transformar uma ideia em um negócio.


Há muitas pessoas que têm ideias, porém, nem todas essas pessoas põem em ação os mecanismos para transformar a ideia em algo concreto.


É nesse contexto que se insere o empreendedor, pois ele, além de sonhar, executa ações que fazem o sonho se tornar-se palpável, construindo passo a passo uma empresa.


Para isso, você tem que ter o espírito de empreendedor, qual seja, aquela inquietude que faz com que você acredite em sua ideia e consiga ir adiante, mesmo enfrentando as barreiras que surgem em seu caminho.


Como meio de transformar seu sonho em realidade sem sofrer demasiadamente, é importante você considerar quais são os fatores pessoais que auxiliam em seu sucesso ou, ao menos, impedem um fragoroso fracasso.


• Conhecimento: faça cursos sobre áreas que você não domina;

• Coragem: siga adiante, mesmo com medo de que as coisas deem errado;

• Perseverança: as coisas vão dar errado, mas você consegue consertá-las e isso faz parte do seu aprendizado;

• Resiliência: você se enverga, respira fundo e tenta outra vez, repetindo o processo até acertar;

• Networking: sempre existe alguém com uma ideia, um caminho ou um contato que pode lhe ajudar;

• Dinheiro: para muitos negócios, é menos importante do que outros insumos; entretanto, sem ele, tudo fica mais lento ou difícil.


Dispondo dos requisitos acima, cito a importância de dois aspectos fundamentais para que você se torne um empreendedor bem-sucedido: a ideia e o marketing.


Explico: De nada adianta um esforço sobre-humano para desenvolver um produto ou serviço que não atenda a uma necessidade ou desejo de seu consumidor.


Esse é um erro clássico que muitos empreendedores iniciantes cometem; desenvolvem algo que tem tudo a ver consigo mesmo, com suas paixões, sem contudo se aperceberem se tais paixões correspondem a alguma demanda real de seu público-alvo.


Ou seja, confundem negócio com hobby. Não admira que, em tal circunstância, ao lançar seu produto ou serviço no mercado, a decepção seja a marca registrada de tais empreendimentos, não importando o quanto você tenha se dedicado ao desenvolvimento do projeto.


Se ele não atende aos anseios do consumidor, você não chegará longe com seu negócio, pois uma das duas causas de fechamento de um negócio é a falta de clientes, e, se seu produto ou serviço não satisfaz as necessidades ou desejos deles, eles não irão adquirir sua solução, e daí decorre o fechamento do negócio.


Portanto, para evitar esse equívoco básico, teste sua ideia com clientes potenciais antes de dedicar tempo, esforço e recursos para desenvolver seu produto ou serviço.


Caso você passe pelo teste de aprovação de sua ideia, ou melhor dizendo, validação pelo mercado de sua ideia, cabe então prestar muita atenção no marketing/vendas que você deverá implementar para tornar seu produto ou serviço conhecido. Muitos empreendedores creem que, por terem desenvolvido algo realmente inovador, o mercado os receberá de braços abertos. Ledo engano!


Você precisará excitar o mercado e, para tanto, conhecer as ferramentas de marketing disponíveis para essa ação são de suma importância. Assim, sua “caixa de ferramentas” pode dispor de propaganda, marketing direto, promoções, vendas diretas, anúncios em rádio, tv, outdoor, panfletagem etc. Mas, dentre todas essas, uma tem se tornado indispensável nos dias de hoje: marketing digital.


O motivo é simples: as ferramentas digitais permitem que você não apenas crie suas próprias publicidades mas, além disso, possibilitam que você defina com clareza o seu público-alvo e alcance-o por uma fração do custo que despenderia através de outros canais convencionais.


Em resumo, duas funções são sagradas por agregarem maior valor ao cliente e devem merecer especial atenção de sua parte para minimizar as chances de fracasso e maximizar o sucesso de seu empreendimento: pesquisa e desenvolvimento de produtos e serviços que atendam as necessidades e desejos do seu público-alvo e foco em vendas e pós-vendas para atrair e perpetuar seus clientes como fiéis consumidores.


Trato desse assunto nos tópicos Marketing de ressonância, Princípios de marketing digital e Estratégias de alto impacto - Smiling Curve, que você encontra no livro Yes, you can!

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo