Buscar
  • Luis Namura

Tópico 1 - Plano de voo - O começo de tudo - Rápido ou perfeito

Atualizado: Mar 11

Fazer o que deve ser feito mesmo que não seja perfeito é mais importante do que tentar fazer o perfeito que jamais consegue ser feito! Aqui se encontram dois importantes conceitos: eficácia e eficiência. Qual deles deve ser sua prioridade?

Quando iniciamos nosso negócio, uma dúvida, em geral, nos assalta: Devo ser rápido e lançar logo meu produto, ou melhor será refiná-lo a ponto de alcançar a perfeição?


Por vezes, nos encantamos tanto com nossa criação que a desejamos “perfeita”; entretanto, essa “perfeição” muitas vezes nos custa caro demais. E não me refiro aqui apenas ao custo financeiro de execução da nossa solução, mas principalmente ao custo de oportunidade.


Deixe-me explicar melhor esse conceito: o custo de oportunidade é o valor daquilo que você renuncia ao tomar uma decisão. Ele mede o custo daquilo que você deixa de ganhar quando é preciso fazer uma escolha qualquer. O custo de oportunidade é o valor daquilo que você perde.

Assim, quando você opta por elaborar algo com extrema perfeição, tomando mais tempo e recursos do que se você se contentasse com algo menos elaborado, porém viável, sob a ótica do consumidor final, você está deixando de ganhar algo rapidamente em troca de um ganho, talvez, até maior no futuro, porém incerto.


De um modo simples, creio que você percebe que há aí um custo da oportunidade que você deixa passar e que poderia ter aproveitado.


Se, nesse interregno, outro concorrente se antecipar e lançar um produto similar, sem a tal perfeição que você almeja, e dominar parcela relevante do mercado - que poderia ser seu -, cravando a bandeira (marca) dele na mente do consumidor, você terá perdido a oportunidade de ser reconhecido como um empreendedor “inovador” e não lhe restará outra posição a não ser a de mero “seguidor” de tendências.


Portanto, se tiver de optar por agir rápido, com um produto viável, sem, entretanto, perfeito, ou lento e perfeito, não tenha dúvida, opte pela rapidez, conquiste sua fatia de mercado, estabeleça sua marca na mente do consumidor e vá aos poucos buscando a excelência através de melhorias contínuas no seu produto ou serviço.


Busque primeiramente ser eficaz (fazer a coisa certa) e somente em seguida invista na eficiência (fazer certo a coisa). A prática contínua irá aproximá-lo da perfeição, mas irá apenas aproximá-lo.


Entretanto, você jamais a atingirá, pois ela consiste em sempre estabelecermos objetivos mais desafiadores a cada estágio em que nos encontramos. A perfeição será sempre uma “doce utopia”.


Cabe aqui relembramos o aforismo que elaboramos na introdução desse tema: quando o perfeito não é possível, o possível é perfeito.


Adquira agora o seu exemplar do livro Yes, you can!

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo