Buscar
  • Luis Namura

Tópico 28 - Voo de cruzeiro - Perenidade da empresa

Atualizado: há 5 dias

Do conceito à aplicação, entenda sobre o que é e como alcançar a perenidade da empresa com esse post super completo.

Tópico 28 - Voo de cruzeiro - Perenidade da empresa

Você, com certeza, superou muitos obstáculos para se tornar empresário e chegar até onde está hoje, certo?


Provavelmente, você teve um insight, percebeu uma oportunidade ou se deparou com uma necessidade decorrente de algum desafio. A partir daí, desenvolveu um produto ou serviço, talvez tenha feito algumas pesquisas de mercado para ver se sua ideia tinha aderência ou, ao menos, conversou com parentes e amigos para ver o que eles achavam da sua “maluquice”; elaborou então um plano, investiu recursos, montou uma empresa, inaugurou o negócio etc., etc., etc.


E agora, José? Sua empresa está funcionando, mas até quando tudo que você criou será suficiente para manter sua empresa viva oferecendo o retorno que você necessita e deseja? E os concorrentes, será que não irão incomodá-lo? Será que você conseguirá se manter no mercado e ainda expandir seu negócio?


Muitas dessas dúvidas assolam a vida do empresário depois de certo tempo de operação. Como então enfrentar essas questões acerca do futuro do seu empreendimento?


Venha comigo que quero dividir com você o que tive que aprender para superar o desafio de manter uma empresa em constante crescimento por décadas.


Vaca leiteira


Muita gente acredita que basta ter uma grande ideia e transformá-la em uma empresa lucrativa que seus problemas acabaram. Será?


É claro que, se você descobre um nicho de mercado inexplorado ou pouco explorado e consegue aproveitar a oportunidade desenvolvendo um produto ou serviço que atenda as demandas desse nicho de mercado, já terá dado um passo gigantesco para iniciar um negócio que pode lhe trazer muito sucesso. Você estará navegando naquilo que denominamos “oceano azul”, um mar onde não há concorrentes para o seu produto.


É claro, também, que pôr em prática preceitos básicos de administração, como controle de fluxo de caixa, técnicas de marketing e vendas, gestão de pessoas, métodos e processos, técnicas de solução de conflitos e tomada de decisões é necessário para bem gerir sua empresa.


Mas, supondo que isso seja algo que você aprendeu e põe em prática, surgem então algumas questões:


· Até quando o que faço hoje será suficiente para garantir meu espaço no mercado daqui a 5 anos?


· Se estou indo tão bem, em breve não irão surgir concorrentes que verão meu desempenho e tentarão ocupar um lugar nesse mercado que desbravei?


· Ou, será que algum produto ou serviço concorrente não poderá substituir meu produto, tornando-o obsoleto?


Esse seu produto ou serviço, de muito sucesso, tornou-se sua “vaca leiteira”, garantindo receita recorrente, mas a dúvida que agora lhe ocorre é: até quando?


Matriz BCG


Para dar encaminhamento a questões como essas, lançamos mão da Matriz BCG. Essa matriz é uma ferramenta de administração muito simples que nos foi apresentada pelo Boston Consulting Group, daí a sigla BCG.


Ela permite que você classifique seus produtos em 4 categorias, em função da participação de mercado que seu produto possui e do crescimento do mercado para esse seu produto, como a seguir apresento.


Interrogação – Nessa categoria, você inclui os produtos que são uma “dúvida” quanto ao seu desempenho. Porém, estão sendo lançados para aproveitar uma “oportunidade” que você vislumbra. Aqui os produtos têm baixa participação de mercado, porém com alto crescimento do mercado. Costumam ser promessas, ainda com vendas tímidas, porém com alto potencial. Você deve apoiá-los para que possam deslanchar e conquistar fatias cada vez maiores de mercado.

Estrela–Nessa categoria, aparecem os produtos que são suas “estrelas” mais brilhantes, pois já estão alcançando alta participação de mercado e há alto crescimento do mercado para esse produto. Encontram-se aqui os produtos que já possuem vendas robustas e em crescimento, para os quais a sua ação deve focar na manutenção da forte presença no mercado, dificultando a entrada de concorrentes.


Vaca leiteira–Nessa terceira categoria, você deve incluir os produtos que garantem a sustentação do seu negócio, que são as suas “vacas leiteiras”; apresentam alta participação de mercado, porém atuam em um mercado já maduro, com baixo crescimento. Há um bom volume de vendas, porém, o crescimento das vendas é baixo ou nenhum. São produtos que atingiram a maturidade em sua curva de crescimento. São excelentes geradores de caixa que podem e devem ser utilizados para desenvolver a empresa, alavancando os novos produtos.


Abacaxi – Nessa última categoria, encontram-se os produtos que são problemáticos, são verdadeiros “abacaxis”; além de apresentarem baixa participação de mercado, também operam em mercado de baixo crescimento. As vendas desses produtos são poucas e não crescem. Pelo contrário, estão em declínio. Em sua maioria, são produtos já decadentes, que acabam por gerar prejuízo para a empresa. Vale aqui analisar a possibilidade de retirar esses produtos do mercado, decretando sua morte.


Como utilizar a Matriz BCG

Perceba que os produtos considerados “vacas leiteiras” são aqueles que dão sustentação ao seu negócio no tempo presente, porém não garantem o futuro da empresa. O futuro terá que ser construído por meio de novos produtos.


Assim, é importante investir parcela do caixa gerado pelas “vacas leiteiras” para criar novos produtos. Inicialmente, você apostará em alguns produtos que crê que poderão atrair seu público, porém serão ainda “interrogações”; com o passar do tempo, aqueles que conquistarem os consumidores irão se tornar suas “estrelas” e, mais adiante, poderão se transformar em suas novas “vacas leiteiras”.


Conclusão: sugiro que você estude esse modelo e o utilize para garantir a perenidade da empresa e o crescimento continuo do seu negócio.


Agora que você já sabe um pouco sobre perenidade da empresa, aprofunde-se mais no tema! Adquira agora o seu exemplar do livro Yes, you can!

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo