Buscar
  • Luis Namura

Conheça Os Conceitos Do Metaverso - Cérebro do Namura

Atualizado: Nov 25

Recentemente, você deve ter ouvido falar sobre alguns conceitos do metaverso e, até mesmo, sobre esse termo. Aprenda mais sobre o assunto no post a seguir.

Conheça Os Conceitos Do Metaverso - Cérebro do Namura #42

Conceitos do Metaverso


Vamos “viajar na maionese” e “fundir a batatinha”? Então, venha comigo…


Imagine as seguintes tecnologias trabalhando em conjunto, possibilitando a convergência dos mundos físico e digital:

  • Avatar - representação imagética de você no mundo virtual;

  • DB (database) - gigantescos bancos de dados com informações sobre tudo que a humanidade produziu virtualmente;

  • Fotônica - processadores que atuam na velocidade da luz, sem aquecimento, através de fótons em movimento;

  • IA (inteligência artificial) - computadores com capacidade de analisar as gigantescas bases de dados e extrair informações úteis para a tomada de decisões autônomas, sem intervenção humana;

  • Machine learning - capacidade de aprendizado das máquinas com base no legado que a IA (Inteligência Artificial) possibilita;

  • Deep learning - capacidade avançada de aprendizado das máquinas decorrente da evolução da capacidade de armazenamento de dados e velocidade de processamento deles;

  • Grafeno - estrutura cristalina de carbono que possibilita construção de computadores minúsculos, totalmente maleáveis, baseados em transistores alocados em “folhas” de grafeno, de dimensões atômicas (nanométricas);

  • Robótica - modelos mecânicos com capacidade de execução de tarefas programadas.

  • Holografia - imagens de objetos em 3D projetadas em ambientes da vida real;

  • RV (realidade virtual) - construção de imagens 3D ou 360° que possibilitam a sensação de presença “real” em um ambiente virtual;

  • RA (realidade aumentada) - integração de elementos ou informações virtuais sobre objetos do mundo real, normalmente efetuada por meio de óculos com sensores de movimento como giroscópio e acelerômetro;

  • NFT (non fungible tokens) - senhas atreladas a bens virtuais e/ou físicos únicos que conferem a propriedade desses bens ao seu avatar;

  • Criptomoeda - moeda virtual com valor pecuniário no mundo real;

  • Blockchain - cadeia de processamento remoto de dados, criptografada.


DNA Digital


Agora, tendo pontuado os conceitos do metaverso acima, imagine a construção de um avatar seu que possa se valer, fazer uso, de todas as “potencialidades” acima elencadas…


Pois bem, esse avatar teria como características marcantes em seu “DNA digital”:


  • Memória imensa - DB (data base) gigantesco;

  • Processamento de informações - altíssima velocidade, sem aquecimento, devido à fotônica;

  • Conhecimento - alta capacidade de aprender tudo, acerca de qualquer assunto, decorrente das tecnologias: Machine learning e Deep learning;

  • Sabedoria - alta capacidade de decisão decorrente da IA. Aliada à Database, Machine learning e Deep learning, toma decisões melhores e mais assertivas, em muitos campos de atividade humana;

  • Miniaturização - equipamentos baseados em nanotubos maleáveis de carbono/grafeno permitem a construção de computadores e robôs nanométricas que podem ser inseridos no corpo humano ou “viajar” por “rios” sanguíneos;

  • Materialização - capacidade de “aparecer” em qualquer ambiente real, através de projeções holográficas, permite a seu avatar participar de qualquer evento real ou virtual em qualquer lugar do mundo, instantaneamente;

  • Objetos virtuais - por meio da realidade virtual (RV), seu avatar pode ter em mãos ou construir qualquer objeto; você pode ainda participar de qualquer ambiente virtual e sentir-se parte do mesmo;

  • Informação ampliada - seu avatar pode obter informações sobre qualquer elemento da vida real bastando apenas “olhar” para o objeto em questão;

  • Propriedade - por meio de “senhas” NFT, seu avatar poderá tornar-se proprietário de objetos únicos, quer no mundo virtual ou real;

  • Valoração - sendo proprietário de qualquer bem real ou virtual, tais bens serão precificados de acordo com as leis de oferta e demanda do mercado e terão sua valoração atrelada à moedas virtuais (Ethereum, Bitcoin, etc.);

  • Comercialização - qualquer bem atrelado a uma NFT, com valor de mercado definido por alguma moeda virtual, poderá ser comercializado por transações criptografadas, seguras, nas redes blockchain.


O que achou desses conceitos do metaverso?


Bem-vindo ao Futuro


Futuro - nesse futuro, seu avatar terá um enorme conhecimento e poder de processamento desse conhecimento a velocidades inimagináveis. Obterá daí decisões extremamente confiáveis e relevantes; poderá então atrelar esse conhecimento a um NFT e negociar esse cabedal, transferindo instantaneamente a posse do mesmo para outro avatar por meio de transações criptografadas e monetizadas por meio de alguma moeda virtual.


Admirável mundo novo - Assim, por exemplo, se seu avatar possuir um “degree” (título) de engenharia aeroespacial e quiser transferi-lo a um outro avatar que tenha um “degree” de medicina ortomolecular, e vice-versa, após a transação, o avatar engenheiro tornou-se médico e o avatar médico tornou-se engenheiro, instantaneamente!


Bem-vindo ao futuro; ele já está ao alcance de seus olhos e logo estará ao alcance suas mãos!


Para saber mais sobre o assunto, que tal assistir ao vídeo no YouTube? Dê o play abaixo, e vamos juntos para esse novo universo!



Agora que você já conhece os principais conceitos do metaverso, leia também nossos outros artigos:


477 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo