Buscar
  • Luis Namura

Aprenda os Riscos de Empreender – Cérebro do Namura #53

Atualizado: 2 de fev.

Alguns pontos podem ajudar você a correr os riscos de empreender com mais discernimento e sabedoria. Leia a seguir.

Aprenda os Riscos de Empreender – Cérebro do Namura #53

Riscos de empreender

Dizem que nos pequenos frascos se encontram os melhores perfumes. Creio que esse conceito bem se aplica ao tema que trato nesse tópico: O que descobri há 30 anos.

Detalhes

Você já foi a alguma palestra e ficou chateado pelo fato de já saber 95% daquilo que estavam tratando?

Se você ainda não esteve presente a muitos encontros, talvez essa métrica não se aplique a você. Entretanto, posso afirmar que, à medida que você se aprofunda nos assuntos específicos de sua área de atuação, é comum perceber que já conhece muito do que estão te apresentando, por vezes, apenas com uma nova roupagem.

E aí, o que fazer nessas situações? Preste atenção naqueles 5% restantes, que você não conhecia, ou para os quais nunca tinha dado a devida atenção.

Pode estar aí o “detalhe” que fará toda a diferença em sua atuação daí em diante.

Descoberta

Foi exatamente essa postura que me fez descobrir grandes “segredos” que me foram revelados em diversas ocasiões. Segredos que abriram meus olhos para possibilidades que eu não conhecia, ou para as quais não estava dando a devida atenção.

Muitos desses tesouros, colecionei como frases, aforismos, que têm guiado minhas ações durante anos. Você encontra diversos deles na abertura de cada tópico do livro Yes, You Can! Atente para essas verdadeiras “pérolas de sabedoria” e extraia delas ensinamentos que poderão lhe ser úteis para toda a vida.

Trago aqui, para você que já é ou deseja ser empreendedor, uma dessas máximas que descobri numa palestra que participei, anos atrás, nos Estados Unidos.

Coube ao palestrante apresentar o resultado de uma pesquisa realizada com pessoas de 75 anos ou mais, a quem propuseram a seguinte questão: “O que você faria se tivesse 50 anos a menos?”.

Sabe qual foi a resposta unânime desses senhores? “Eu arriscaria mais.”

Bem, saber disso aos 75 anos é uma coisa. Porém, saber disso aos 25 anos é totalmente diferente, pois se revela de utilidade ímpar.

Perceba que a resposta à questão foi uma unanimidade. Isso significa que, tanto eu quanto você, muito provavelmente chegaremos à mesma conclusão ao atingirmos essa etapa da vida, mas provavelmente não teremos mais tanto tempo para direcionar nossas ações com base nessa conclusão.

Entretanto, saber isso aos 25 anos permite pautar muitas de nossas ações e colher os frutos das sábias decisões que advêm dessa “descoberta”.

Sabedoria dos mais velhos

Aliás, se você prestar atenção, o resultado dessa pesquisa nos é revelado através da sabedoria popular, que consagra: “Quem não arrisca, não petisca.” Portanto, perceba que tanto as pesquisas quanto a sabedoria popular indicam que, para obtermos resultados, arriscar é imprescindível.

Assim, como empreender é sinônimo de assumir riscos, torna-se cristalino que, para obter aquilo que você deseja da vida, empreender é uma das alternativas mais promissoras.

É claro que você deve assumir riscos com cautela, pois estamos falando de empreendedorismo, não de jogatina. Com isso em mente, você deve sim arriscar, porém tomando o cuidado de ter sempre em mãos um plano de contingência caso algo dê errado em suas “apostas”.

Por exemplo, se você decide se arriscar num novo negócio, faça as perguntas que indico no capítulo Iniciando a descida, tópico Como investir com segurança, no livro Yes, You can!

Atente também para o Método Berkus de avaliação de empresas, que está no Anexo 12 do livro.

Como exemplo, veja a seguir um resumo de 10 fatores que sugiro que você se atente ao investir em uma empresa nascente que chame a sua atenção. Eles são o denominador comum das startups de sucesso, conforme Berkus nos assegura.

10 fatores críticos de sucesso de startups, de acordo com o método Berkus:

  1. Tamanho do mercado relevante

  2. Modelo de negócios escalável

  3. Experiência prévia dos fundadores em outras startups

  4. Mais de um fundador comprometido full time

  5. MVP (Minimum Viable Product) desenvolvido

  6. Modelo de negócios validado por clientes pagantes

  7. Parcerias relevantes estabelecidas

  8. Roadmap de execução desenvolvido e em dia

  9. Propriedade intelectual protegida

  10. Ambiente competitivo favorável


Conclusão

Arrisque! Porém, dose risco e cautela. Assim, você não ficará inerte e poderá avançar de forma mais segura em busca dos objetivos a que se propôs como empreendedor.

Preste atenção aos detalhes, aqueles 5% que fazem toda a diferença em seu modo de pensar e agir e que podem fazer a diferença entre sucesso e fracasso.

Use os erros para aprender. Futuramente, eles comporão a sua história de sucesso e irão inspirar aqueles virão depois de você.”

Adquira agora o seu exemplar do livro Yes, You Can! e faça bom proveito dessas e outras dicas! Fique também por dentro de conteúdos exclusivos pelo nosso canal no YouTube.

Ao tomar uma decisão, leve em conta essa análise dos riscos de empreender. Também não esqueça de curtir, comentar e compartilhar esse post.

Leia mais sobre:

72 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo